Buscar

Previsões para a construção civil: antecipe-se ao futuro

Atualizado: Jan 8

Com Selic em mínimas históricas, previsão de alta do PIB e outros gatilhos econômicos, setor da construção civil só tende a crescer.


Segundo projeção da Confederação Nacional das Indústrias (CNI), o PIB brasileiro deve crescer 2,5% em 2020. E um dos principais motores para a aceleração da economia será o setor de construção civil. Taxas de juros mais baixas, endividamento recuando e o avanço de concessões e privatizações ajudam a explicar a retomada.


Porém, a boa notícia vem com um alerta. As empresas que quiserem prosperar precisam se adaptar às mudanças do mercado. Isso significa acompanhar algumas tendências, como o emprego de novas tecnologias e de materiais sustentáveis. Confira os detalhes a seguir e entenda como se antecipar às demandas do futuro.


Sustentabilidade na construção civil


O desenvolvimento sustentável se tornou uma preocupação em todas as áreas. Basicamente, a ideia consiste em equilibrar um orçamento enxuto com práticas que não agridam a natureza.

Na construção civil, tem crescido a necessidade de se utilizar matéria-prima reciclável. O reaproveitamento de resíduos é uma medida extremamente importante para diminuir o impacto ambiental de uma obra. E o melhor é que, além de preservar os recursos naturais, muitos desses materiais acabam sendo mais baratos para o projeto.


Outra necessidade é a de criar prédios inteligentes, isto é, que exijam menos consumo de água e energia elétrica. Nesse aspecto, existem soluções que trazem resultados positivos à edificação.


As telhas térmicas, por exemplo, têm propriedades isolantes. Devido a essa composição, elas reduzem a transmissão de calor entre ambientes e aumentam o conforto térmico do ambiente. Quando ocorrem altas temperaturas, a necessidade do ar condicionado é reduzida, enquanto que em temperaturas frias o uso do aquecedor pode ser facilmente evitado. Em outras palavras, poupa-se energia elétrica. Menos gastos no fim do mês e menos consumo, o que é bom tanto para bolso quanto para o planeta.


Tecnologia otimiza despesas no empreendimento


O avanço da tecnologia traz inúmeras vantagens às construtoras. A partir do escaneamento 3D a laser, é possível identificar com alto grau de precisão as patologias de estruturas já existentes. Desse modo, uma reforma ou um retrofit podem ser planejados de maneira muito mais objetiva.


A utilização do Building Information Modeling (BIM) também permite criar mapas tridimensionais da planta. Todos os detalhes de fundação, alvenaria, elétrica, hidráulica e acabamentos ficam disponíveis no mesmo modelo. Assim, os profissionais responsáveis pela obra podem atuar em conjunto, reduzindo retrabalhos ou falhas na comunicação.


Isso tudo otimiza o tempo e o dinheiro investidos no canteiro. Porém, o trabalho não termina depois que as máquinas encerram a atividade. Deve-se pensar, ainda, na manutenção do empreendimento.


Novamente, aparatos tecnológicos melhoram o dia a dia. Sistemas de automação predial, por exemplo, são capazes de avisar quando é hora de fazer a vistoria dos elevadores ou se as lâmpadas da garagem devem ser trocadas. O monitoramento constante reduz o risco de falhas humanas, pois antevê problemas e dispara alertas para solucioná-los.


E essas são apenas algumas possibilidades nas quais os escritórios de engenharia devem investir a partir de agora. O mercado da construção civil evolui constantemente. Com tanta inovação, é preciso ficar de olho nas novidades para oferecer, sempre, o melhor aos clientes.


Gostou deste artigo? Esperamos que nossas dicas sejam úteis para seus projetos. Se precisar de mais informações, entre em contato conosco pelo telefone (51) 3587.3666 ou WhatsApp (51) 99416.6058. Obrigado pela leitura e até a próxima!

Telefone: (51) 3587 3666

R. Nilo Peçanha, 486 - Rondônia, Novo Hamburgo - RS, 93320-380, Brasil

  • Bulltrade_Facebook
  • YouTube
  • Instagram

Bulltrade Industrial Ltda.

CNPJ: 87.820.155/0001-52         IE: 086/0204804

©2019 by Bulltrade.

whatsapp-logo-1.png